Da redação

O prefeito de Dourados, Alan Guedes, encaminhou à Câmara de Vereadores o Projeto de Lei que autoriza o ingresso do município no consórcio público, organizado pela FNP (Frente Nacional dos Prefeitos), para aquisição direta da vacina contra Covid-19. O PL ratifica o protocolo de intenções firmando entre cidades de todo Brasil, “com finalidade de adquirir vacinas para combate à pandemia do coronavírus, medicamentos, insumos e equipamentos na área da saúde”.

De acordo com o prefeito, o ingresso no consórcio vai facilitar a compra dos imunizantes, já que o Governo Federal tem apresentado dificuldades na aquisição das doses. “Essa possibilidade de compra será́ fundamental para acelerarmos o processo de vacinação, uma vez que a imunização é nossa principal arma no combate à Covid-19”.

“Em um momento de grande dificuldade para toda a população, sobretudo para aqueles que sofrem para manter seu sustento, vacinar é o remédio mais eficaz”, disse Henrique Sartori, secretário de Governo e Gestão Estratégica.

No mês passado, o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu que estados e municípios podem comprar e fornecer à população vacinas contra o novo coronavírus. A decisão foi proferida em uma ação protocolada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).  A autorização é para caso de descumprimento do Plano Nacional de Vacinação pelo governo federal ou de insuficiência de doses previstas para imunizar a população.

Vale ressaltar que, caso seja necessário adquirir as doses extras, as vacinas serão, obrigatoriamente, ofertadas através do SUS, ou seja, gratuitamente.

O PL foi apresentado aos vereadores na pré-pauta desta segunda-feira (15) e deve ser apreciado em caráter de urgência ainda hoje, às 15h, informou a vereadora Daniela Hall.  “O projeto é extremamente importante em razão do momento em que vivemos, a vacina é a única de minimizarmos os efeitos da pandemia. O governo federal não está conseguindo atender a demanda e com essa aprovação e adesão podemos ampliar a oferta”, explicou a parlamentar.

A vereadora, que é líder do governo municipal na Câmara, acredita que o projeto será aprovado com unanimidade.

Veja também

Olá, deixe seu comentário para Alan Guedes pede apoio da Câmara para ingresso em consórcio de compra de vacinas