Foto: Valdenir Rodrigues

A Prefeitura de Dourados anunciou nesta semana a retomada do recadastramento das pessoas interessadas em participar do programa municipal de habitação. O trabalho, que será desenvolvido Agehab (Agência Municipal de Habitação e Interesse Social), atende a indicação encaminhada recentemente pelo vereador e presidente da Câmara Municipal de Dourados, Laudir Munaretto (MDB).

Conforme informações divulgadas pela prefeitura, devido ao agravamento da pandemia da Covid-19, neste primeiro momento, as inscrições serão realizadas apenas de modo online e os interessados em aderir ao programa podem entrar no site da prefeitura e acessar o link “Cidadão”, procurar a aba “Inscrição Habitação” e dar início ao cadastro.

Pelas regras informadas pelo município, o cadastro habitacional será destinado para o cidadão que mora em Dourados há mais de 02 anos, que tenha o título de eleitor cadastrado no município e renda familiar mensal bruta de até cinco salários mínimos (R$ 5,5 mil). Não pode ter imóvel próprio, ou ter sido contemplado por algum outro programa habitacional.

Para realizar o cadastro, é preciso que a pessoa cadastre o comprovante de residência, título de eleitor, RG e CPF. Para os casados, é preciso da certidão de casamento, e a certidão de nascimento, para aqueles que possuem filhos menores de 18 anos. E em casos de portador de doenças crônicas ou deficiência é preciso a apresentação de atestado médico.

Segundo Laudir Munaretto, a retomada do recadastramento do programa municipal de habitação é de fundamental importância para que o Executivo possa fazer a atualização do número de inscritos e levantar com precisão a dimensão do déficit habitacional existente hoje em Dourados.

“Ficamos felizes em saber que nosso pedido foi atendido pela equipe do prefeito Alan Guedes e que o recadastramento habitacional já está sendo executado em Dourados. Temos conhecimento de famílias inscritas há mais de 10 anos e que a última atualização para exclusão dos inativos do sistema foi feita em 2017. Pode acontecer que parte dos inscritos hoje não mais resida no município, esteja com situação conjugal desatualizada ou até mesmo tenha falecido, situações que podem gerar uma demanda incompatível com a realidade de momento. Portanto, esse trabalho retomado pela prefeitura é de fundamental relevância para que possamos trabalhar com a demanda atualizada de famílias que aguardam na fila pela casa própria em Dourados”, destacou o presidente da Câmara.

MAIS INFORMAÇÕES

 Para dúvidas, a Agehab disponibiliza duas linhas de WhatsApp: (67) 9 8468-9524 e (67) 9 8469-1038, e um número fixo para orientação telefônica: (67) 3411-7125.

 

Veja também

Olá, deixe seu comentário para Laudir é atendido com retomada do recadastramento habitacional