Ações de podas e roçadas estão sendo executadas pela Secretaria de Serviços Urbanos

A Prefeitura de Dourados, por meio da Semsur (Secretaria Municipal de Serviços Urbanos), está realizando uma força-tarefa para limpeza do Cemitério Público Municipal Santo Antônio de Pádua e Bom Jesus. A área, que tem cerca de 7 alqueires, tem cerca de 3 milhões pessoas enterradas. Inaugurado em 1969, é o mais antigo da cidade.

“Isso é a estimativa que fazemos, baseado nos jazigos e registros. Mesmo com tantos entes queridos de Dourados e região aqui, quando cheguei em janeiro a situação era de completo abandono”, relatou o diretor do local, Marcos Santos Miguelão.

Conforme o secretário de Serviços Urbanos, Romualdo Diniz Salgado Júnior, uma equipe de 10 pessoas está trabalhando no local. “Estamos fazendo a poda de árvores, a roçada e a limpeza. Também contamos com apoio do Rotary Club para capinar e ajudar nos trabalhos. Os outros cemitérios do município e dos distritos estão no planejamento”, explicou.

Miguelão explicou que serão cerca de 20 dias para finalizar a limpeza do local. “Tinha árvore de 3 metros crescendo no meio de túmulo. Várias famílias reclamando e clamando para que algo fosse feito”, lembrou.

Além da força-tarefa atual, uma dedetização aconteceu na sede da administração, que fica dentro do cemitério. “São muitos pontos que devemos trabalhar daqui pra frente, a limpeza é emergencial, mas temos que tratar da regularização do cemitério, por isso estamos realizando um levantamento de todas informações”, finalizou o diretor.

Veja também

Olá, deixe seu comentário para Prefeitura de Dourados inicia limpeza no cemitério da Coronel Ponciano